Tivoli Palácio de Seteais um sonho de hotel

Tivoli Palácio de Seteais um sonho de hotel

Vamos descobri-lo entre a Quinta da Regaleira e a vila de Sintra. Ao fundo o Palácio da Pena e o castelo dos Mouros no horizonte. Falamos do Tivoli Palácio de Seteais, um sonho de hotel pelo qual todos suspiramos.

Transformado em hotel de luxo em 1953, o hotel surge como um exemplo da arquitectura civil residencial neoclássica do século XVIII. Edificado pelo cônsul holandês em Portugal, Daniel Gildmeester, que nele residiu, o actual hotel acolheu no decurso do século do século XIX, entre outros ilustres, o quinto Marquês de Marialva. Como forma de comemorar a passagem do Rei D. João VI e da Rainha Carlota Joaquina por Seteais, foi ele que mandou erguer o arco triunfal que une as duas alas do Palácio, sendo este hoje o ex-líbris do hotel a partir do qual, e devido à sua localização privilegiada, se obtém um enquadramento perfeito do Castelo dos Mouros e do Palácio da Pena.

Chegar a Seteais é embarcar numa viagem ao passado mas na companhia de todas as comodidades do século XXI. Percorrida a estrada que circunda a Regaleira, é ao virar da curva que pela primeira vez os nossos olhares se cruzam como Seteais e as primeiras exclamações são ditas. «Que lindo!», «Maravilhoso!», «Incrível!» são palavras que se tornam quase obrigatórias de dizer. Mas, desde já avisamos que não as gaste todas, pois, uma vez dentro do hotel, vai, certamente, precisar delas, a não ser que não se importe de as repetir vezes sem fim.

Adquirido pela Minor Hotels, a unidade manteve o nome de Tivoli, inserindo-se desta forma numa das três sub-brands que a cadeia hoje detém em Portugal: Anantara, Avani e Tivoli. O requinte que sempre foi apanágio da unidade está lá todo. Mantido e preservado pelos novos proprietários, apresenta-se agora mais refinado e exclusivo. Exclusividade essa que começa logo na altura do check-in, feito, de forma privada, por um dos elementos do staff numa das belíssimas salas da unidade. A acompanhar uma queixada de Sintra e uma saborosíssima limonada. Aí começa o tratamento que, sem receios, podemos apelidar de real.

Aposentos perfeitos

Somos dos que tomam a perfeição como o resultado da junção de pequenos detalhes que juntos fazem a diferença. Daí apelidarmos os aposentos de Seteais de perfeitos. Todos juntos, detalhes como a T-Bed, as almofadas, a insonorização, as boas-vindas e a privacidade total, fazem deles um ninho de conforto e muita tranquilidade, onde o descanso é mesmo total e o sono reparador. Além do nosso, o hotel acolhe mais 29 quartos, entre eles a suíte e os quartos deluxe, ambos com exclusivo serviço de mordomo.

Entre a cozinha e a sala

Os corredores que juntam as duas zonas, a cozinha e a sala de refeições do restaurante, são um corrupio de coisas boas, pois, é através deles que os elementos do staff trazem até nós as fantásticas iguarias concebidas pela equipa do chef Miguel Silva. Aberto para servir os hóspedes, ou mesmo os passantes, para almoços e jantares, o restaurante homónimo do hotel desafia a que se viva uma experiência gastronómica que ao gourmet alia dois cenários fascinantes: a vista para a piscina e a verdejante natureza que rodeia a unidade, e as pinturas que embelezam as paredes interiores deste espaço de prazer. Tudo está no sítio certo. Tudo é atentamente cuidado para que quem se senta às mesas do Seteais tenha a perfeita noção de que vai viver algo único. Ao atentarmos na carta que nos é apresentada reparamos de imediato nos sabores e aromas nacionais. Receitas tradicionais são ali elaboradas com recurso a produtos locais de elevadíssima qualidade. A mestria, percebemo-la quando os pratos nos são apresentados, e reside ela na reinvenção da tradição com recurso a um esmerado sentido estético em pratos como a sopa de peixe, o bacalhau, o borrego ou mesmo o leitão.

Um conselho: apesar de a T-Bed apelar a um pouco mais de descanso, não perca o pequeno-almoço que, servido até às 11h00, se apresenta como uma excelente introdução à gastronomia do restaurante. Além de ter a mais-valia de ser acompanhado por uma harpa tocada ao vivo. Mais classe do que isto é difícil!

No spa do palácio

No espaço ocupado pela antiga lavandaria do hotel encontramos agora um spa. Tal como o espaço onde se encontra, este não é um spa qualquer pois carrega o nome de Anantara. Recebidos pela terapeuta Cátia Martins, rapidamente sentimos ter chegado a um recanto de paz e tranquilidade. Concebido para reequilibrar corpo e espírito, o spa de Seteais acolhe em cada pormenor o espírito Anantara: a sabedoria de uma marca internacional com raízes nas terapias asiáticas combinada com elementos locais para juntos oferecer o melhor a quem o procura. Recebidos com um welcome tea de lúcia-lima e com o oshibori  embebido em óleo essencial de laranja amarga refrescar mãos e rosto, tudo começa com o ritual dos pés: leite de pó de arroz aromatizado com óleo essencial de limão, seguido de esfoliação aos pés e pernas com sal marinho e lavanda do jardim do palácio, finalizado com um spray de hortelã-pimenta para refrescar. De seguido basta escolher o tratamento mais adequado, como a Massagem de Assinatura Anantara. Baseada na massagem ancestral tailandesa e ayurvedica, é aplicada com recurso a um óleo à base de avelã  e sésamo com o poder terapêutico dos óleos essências como a lavanda, neroli, camomila, gerânio e chá príncipe, um poderoso cocktail que promove o relaxamento ajudando uma boa noite sono, combatendo a apatia muscular e espiritual.

Um mundo de experiências

Este é um hotel baseado no conceito “experiências”. Além das gastronómicas no restaurante e sensorial no spa, outras T/Experiences se apresentam como igualmente cativantes. Vejamos por exemplo o “Dining Delight”, conceito de jantar para casais com o objectivo de proporcionar uma experiência verdadeiramente romântica. A porta fechada em nada prepara os hóspedes para os maravilhosos momentos que vão viver. Maravilhosos e inesquecíveis. A sala, decorada com os frescos do pintor francês Jean Baptiste Pillement, serve de cenário requintado e acolhedor a um jantar gourmet especialmente preparado e servido por um simpático elemento do staff trajado à época. Tudo começa com uma flûte de champanhe francês e termina com um conjunto de momentos guardados na memória como dos mais felizes que já vivemos.
www.tivolipalacioseteais.com

Tivoli Palácio de Seteais

Rua Barbosa do Bocage, 8

2710-517 Sintra

Tel. 219 233 200

Email experience.seteais@tivolihotels.com

Por Sandra M. Pinto