Revive. Lançado concurso para Paço Real de Caxias

As propostas poderão ser entregues até 6 de Junho.

Foi lançado esta segunda-feira o concurso público de concessão do  Paço Real de Caxias, em Oeiras, no âmbito do programa Revive, uma iniciativa conjunta dos ministérios das Finanças, Cultura e Economia, que prevê a recuperação de património histórico. A concessão do palácio será por 50 anos.

O Paço Real de Caxias foi mandado construir na primeira metade do século XVIII, pelo infante D. Francisco de Bragança, filho de D. Pedro II e de D. Maria Sofia de Neuborg, mas a conclusão da obra deve-se a D. Pedro V. Inicialmente, incluía uma quinta, os jardins geométricos de influência francesa e a uma cascata da segunda metade do século XVIII.

Em 1953 foi classificado como imóvel de Interesse Público. Mais tarde, em 1985, é celebrado um protocolo entre o Estado-Maior do Exercito e a Câmara Municipal de Oeiras, que ficou responsável pela manutenção e reutilização dos jardins e da cascata da Quinta Real de Caxias. A autarquia chegou mesmo a tentar adquirir o palácio, mas acabou por desistir.

Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Quem liderou os investimentos publicitários em Julho?
Automonitor
TomTom aposta na gestão de autonomia dos elétricos