Projecto de Parque Aventura premiado pelo Centro de Portugal

Projecto de Parque Aventura premiado pelo Centro de Portugal

Já são conhecidos os vencedores do concurso de empreendedorismo turístico e do concurso de teses académicas, promovidos pela entidade regional do Turismo do Centro de Portugal.

O projecto “ECO Sky Park”, apresentado por Octávio Almeida, foi o grande vencedor da terceira edição do Concurso de Empreendedorismo Turístico/ Prémio José Manuel Alves. O projecto, a implementar em Vouzela, é um parque de aventura em que todos os desafios a vencer pelos utilizadores se situam acima do solo, suspensos em árvores.

O júri final, composto por especialistas na área do turismo, atribuiu o segundo lugar à ideia “GROUND PIECE” (“Pedaço de Chão”), proposta por Ana Filipe e David Filipe. Este é um projecto de alojamento
que promete aos hóspedes uma experiência de comunhão com a Terra, integrando vertentes de turismo de natureza, valorização do património e colaboração com as entidades locais.

O objectivo dos autores é que venha a ser uma referência no turismo em rede e desenvolvimento comunitário. A terceira melhor ideia de empreendedorismo turístico no concurso intitula-se “NONNA” e foi apresentada por Sidónio Frazão. Trata-se de um projecto de Ecoturismo/Restauração e Hotelaria ecológico e sustentável de apoio ao turismo, em área urbana, centrado no desenvolvimento e promoção da região de Aveiro.

Nesta edição do Concurso de Empreendedorismo Turístico / Prémio José Manuel Alves foram apresentadas 53 candidaturas.

Paralelamente, no concurso de teses académicas, concorreram 16 candidaturas, nas suas duas
vertentes: Tese de Doutoramento e Tese de Mestrado.

A Tese de Doutoramento premiada pertence a José Luís Pimentel Lavrador e tem como tema “A Mesa entre os Homens – Comensalidade e Gastronomia nos Textos Bíblicos – Um Discurso para os Nossos Tempos”.

A partir de uma teorização sobre o ato de comer e a refeição, o estudo analisa a comensalidade real e simbólica nos textos literários bíblicos e apresenta a mesa comum de inspiração bíblica enquanto experiência de gastronomia. Esta mesa pode ser fruída no âmbito do novo turismo.

Nas teses de mestrado, o júri distinguiu a tese de Liliana Catarina Saraiva, intitulada “O Turismo Acessível e as Empresas de Animação Turística em Portugal Continental”. A dissertação analisa a capacidade de adaptação das empresas de animação turística às necessidades do mercado de turismo acessível.

Os prémios vão ser entregues no quinto fórum de turismo interno “Vê Portugal”, nos dias 7 e 8 de Maio, realizados na Guarda.