Editorial de Sandra M. Pinto para edição 42 da Viagens&Resorts

Editorial de Sandra M. Pinto para edição 42 da Viagens&Resorts

Sandra M. Pinto, Directora de redacção da Viagens & Resorts

O mundo é como um livro, e quem não viaja lê somente a primeira página,  Santo Agostinho

Portugal foi o terceiro país do mundo a ter um organismo oficial de turismo, estando, inclusive, na génese da Organização Mundial do Turismo. No entanto, o desenvolvimento do sector revelou durante décadas um atraso relativamente a outros países europeus. De facto, até ao final do século XVII, o turismo em Portugal foi praticamente inexistente. Mas nos últimos anos a situação mudou. De acordo com o mais recente barómetro da Organização Mundial de Turismo, o turismo português é o que mais cresce na Europa, sendo que, em Junho passado, a secretária de Estado do Turismo afirmava que «a manter-se o ritmo, o contador de visitantes deverá ultrapassar os 21 milhões no final de 2017, em contrapartida com os 19,1 milhões de 2016». Com uma grande diversidade geográfica, a verdade é que a procura dos turistas continua a fixar-se maioritariamente em três regiões do País: Lisboa, Algarve e Madeira, com quase três quartos das dormidas a registarem-se nestas regiões. A estes juntou-se, nos tempos mais recentes, a cidade do Porto, com um crescimento exponencial de visitantes. Tudo isto levou a que a generalidade da população começasse a sentir algum desconforto relativamente ao número de turistas que “invadem” estes destinos. No fundo, os portugueses gostavam de ter o que o crescimento que o turismo proporciona, mas sem os potenciais inconvenientes que os turistas podem trazer, como barulho, confusão nas ruas e descaracterização das zonas históricas. Esta harmonização será um dos grandes desafios. Com o ano a terminar, resta esperar pelos números finais para perceber que caminho se perspectiva quanto ao futuro do sector. Entretanto, aproveite as nossas sugestões e faça a mala. Não perca tempo e folheie as páginas deste livro de seu nome Mundo.

Editorial publicado na edição número 42 da revista “Viagens & Resorts”

sandra.pinto@multipublicacoes.pt.pt