Museu abre no fundo do mar

Cerca de 300 estátuas foram colocadas a 15 metros de profundidade em Lanzarote, nas ilhas Canárias, dando vida a um museu.

As esculturas representam moradores de ilha espanholas, sendo que só podem ser apreciadas com equipamento de mergulho.

No fundo do Atlântico, o novo museu conta com obras do artista britânico Jason DeCaires, que optou por recriar os locais de Lanzarote nas suas actividades diárias.

As estátuas são feitas de betão, material que não prejudica o meio ambiente, e devem durar 300 anos.

Outras Notícias
Comentários
Loading...