MAXXI – Museu Nacional da Arte do Século XX símbolo da criatividade

MAXXI é a prova de que a obra da arquitecta anglo-iraquiana Zaha Hadid movimenta multidões.

A inauguração do MAXXI – Museu Nacional da Arte do Século XX foi considerada como um momento determinante para o universo da arte contemporânea italiana. Foram já várias as importantes exposições que acolheu, as quais foram vistas e admiradas por mais 140 mil pessoas. Estes números vêm confirmar a grande expectativa que existia em torno do projecto da autoria da prestigiada arquitecta Zaha Hadid.

O edifício de formas fluidas construído em betão, aço e vidro valeu a atribuição à sua mentora do prémio Stirling de arquitectura 2010, que atribuído pelo Royal Institute of British Architects distingue o melhor edifício da autoria de um arquitecto britânico concluído no ano em curso. De acordo com os membros do júri “o Maxxi é uma peça de arquitectura madura, o resultado de anos de experimentação, da qual apenas uma fracção chegou à fase de construção”.

Dividido em dois museus, acolhes dois espaços distintos: Maxxi Arte (um acervo até ao momento de 350 obras) e Maxxi Arquitectura (75 mil desenhos de arquitectura, incluindo os arquivos pessoais de vários arquitectos italianos do século passado). O espaço museológico desenvolve-se como uma espécie de labirinto ondulante, que suspenso no ar, “dá ao visitante uma sensação de exploração”. Nas palavras do júri este “é o melhor trabalho de Zaha Hadid até hoje.”

Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Galp diz que hoje é um bom dia para mudar
Automonitor
Ensaio: Honda Jazz 1.5 i-VTEC Dynamic – Acompanhar a rotina