Haus für Musik und Musiktheater o som da perfeição

Durante 2003, Graz, na Áustria, foi Capital Europeia da Cultura. Durante o tempo que precedeu o evento, a cidade renovou-se e adquiriu variadíssimos novos edifícios, hoje considerados verdadeiros ex-librís. Mas, a verdade é que o vício da modernidade permaneceu mesmo depois de terminado o evento cultural, pelo que Graz continuou o seu processo de renovação. Um dos exemplos dá pelo nome de MUMUTH.

Pertença da Universidade de Música e Artes Performativas, o Haus für Musik und Musiktheater foi concebido pelo gabinete de arquitectura UNStudio, sendo actualmente considerado um dos mais modernos edifícios do género em toda a Europa, muito por culpa da sua acústica ajustável, que se reflecte num som perfeito seja qual for o género de espectáculo.

Para Ben van Berkel e Caroline Bos, responsáveis pelo projecto, “a intenção foi a de criar um edifício que se identificasse o mais possível com a música”. A idealização do MUMUTH demorou perto de uma década e contou com uma equipa de especialistas em som, como o caso de Hannes Pfau que destaca a versatilidade das opções acústicas do espaço, possibilitando assim uma imensa panóplia de espectáculos e exibições artísticas, que não apenas concertos.

O edifício em cimento de high performance de três pisos está organizado em redor de um elemento central em forma de espiral onde se encontram as escadarias principais e de onde saem várias áreas complementares. Uma curiosidade é a possibilidade de o público poder assistir aos ensaios pois os mesmos decorrem em dois estúdios abertos e de livre acesso.

Por Sandra M. Pinto

Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Galp diz que hoje é um bom dia para mudar
Automonitor
Ensaio: Honda Jazz 1.5 i-VTEC Dynamic – Acompanhar a rotina