Diferenças entre classe económica, executiva e 1.ª classe

Diferenças entre classe económica, executiva e 1.ª classe

Explicamos as principais diferenças entre lugares em classe Económica, Executiva e Primeira classe, para saber o que ganha pelo preço que paga

É justo dizer que a maioria de nós se desenvencilha com a classe Económica, também conhecida como Standard ou, não menos a propósito, Turística. Mas para quem esteja à procura de um conforto extra durante o voo, há sempre a opção de fazer upgrade para uma classe diferente.

Para ficares a perceber melhor as diferentes opções de lugares, explicamos-te aquilo a que tens direito pelo que pagas por um bilhete para uma típica classe Económica, Executiva e Primeira classe. O primeiro — e mais importante — aspeto a lembrar é que todas as especificações e luxos (ou falta deles) para cada tipo de lugar dependem da companhia aérea com que viajas, do tipo de avião em que voas e se é um voo curto ou de longo curso.

Podes ver quais as opções de lugar disponíveis para o teu próximo voo usando o filtro de classe da momondo. Ao fazeres a tua pesquisa na momondo, clica no botão “Número de passageiros”. Lá verás opções para Económica, Premium, Executiva e Primeira classe — e podes selecionar o teu modo de viajar de eleição.

Classe Económica

De modo geral, na classe Económica dão-te um lugar que te leva do ponto A ao ponto B. Existem, porém, algumas diferenças. A mais percetível é a largura do lugar e o espaço para as pernas. Este espaço pode variar entre 71 e 86 cm, e a largura entre 43 (confortável!) e 84 cm. Pode não parecer grande coisa, mas quando estiveres sentado mais de 6 horas na cadeira vais sentir falta daqueles centímetros. Outros fatores que podem variar são: tomadas elétricas, Wi-Fi, comida, kits de conveniência, serviços de entretenimento, tipos de televisão e nível de serviço.

Antes de passarmos para a classe Económica premium, será talvez relevante mencionar que poderá haver uma classe intermédia nalguns voos, especialmente nos Estados Unidos. Não chega a ser premium mas fica certamente acima da económica e é aquilo a que se chama Economy plus (ou Economy ComfortEconomy XL, entre outros nomes). Isto significa essencialmente que estás a voar com o mesmo serviço da classe Económica, mas com mais uns centímetros de espaço para as pernas e um assento reclinável.

Geralmente, reservar estes lugares seletos é um pouco mais caro, mas terás ao menos um lugar mais espaçoso e, quem sabe, poderá até haver algumas regalias como serviço de comida e bebidas  ou prioridade no embarque (mais uma vez, isto dependerá da companhia aérea específica com a qual voas).

Classe Económica premium

A classe Económica premium pode ser apelidada de muitas formas. Na Virgin America chama-se Main Cabin Select, na British Airways é a World Traveller Plus e a SAS chama-lhe SAS Plus. Mas é tudo a mesma coisa: económica com um bocadinho extra. A um custo extra também, está claro. Dito isto, está longe dos preços da classe Executiva.

Voar em Económica premium dá-te acesso a um lounge no aeroporto e os lugares serão numa cabine separada da classe Económica. Por norma, terás um lugar mais espaçoso, ecrãs de televisão maiores, comida melhor (talvez uma maior variedade, bebidas grátis, etc.), e mais espaço de bagagem.

Classe Executiva

Dizem que se voares em Executiva uma vez, nunca mais te vais contentar com a económica. Embora possa ser difícil ver os benefícios de pagar a diferença de Económica para Económica premium, os luxos da classe Executiva são imediatamente aparentes. Aliás, a classe Executiva tem-se tornado tão boa que muitas companhias aéreas já abandonaram por completo a Primeira classe.

Em termos práticos, tudo é melhor. Desde as bebidas pré-descolagem em copos de vidro às refeições servidas em porcelana de verdade com talheres decentes, és completamente mimado. Lugares que se transformam em camas são o padrão, alguns com uma largura que chega aos 86 cm e até 2,2 metros de comprimento para as pernas.

Algumas companhias oferecem um serviço de motorista se viveres a uma determinada distância do aeroporto. E a maior parte – se não todas – tem um lounge exclusivo no aeroporto, onde podes comer e beber de graça

Sempre pronta a exceder-se, a Emirates tem um bar inteiro a bordo dos seus aviões A380 exclusivamente para os passageiros em Executiva. Um bar a sério, muito bem abastecido, que serve pequenas refeições quentes e frias e todos os cocktails que possas imaginar. Que mais se pode querer?

Primeira classe

O auge da viagem aérea, a Primeira classe está reservada a celebridades e pessoas muito ricas (ou muito sortudas). Pensa em todos os luxos da classe executiva, com mais uma camada ridícula de luxo por cima. Para além da privacidade e do tamanho do lugar (tem em conta que em muitas primeiras classes não são tanto lugares, mas sim suites individuais), a diferença notável é o preço: alguns lugares custam até cinco vezes mais que os da Executiva.

A qualidade do serviço é incomparável, com uma tripulação bem treinada e capaz de antecipar as necessidades dos passageiros. A qualidade da comida também melhora significativamente, com muitas ementas e pratos criados por chefs com estrelas Michelin.

Por Lara Mulady

Saiba mais em momondo.