Conheça o The Place at Evoramonte, onde há muito para ver

Conheça o The Place at Evoramonte, onde há muito para ver

Está situado em redor de várias localidades históricas, como Évora e a Vila de Arraiolos, vinhas, e várias atracções que celebram o património cultural. Ao lado do castelo, dentro das muralhas, o The Place é o lugar para ficar. Para conhecer a história da região e as comunidades. 

Os proprietários, tal como a própria terra, têm também história. Vicki e Mitch Webber conheceram-se em 2000, e desde então viajaram juntos por mais de 45 países, e sempre com a ideia de abrir uma loja de artesanato ou um alojamento local na Escócia. Depois de viverem quatro anos na Tailândia, perceberam que precisavam de mais sol do que as terras escocesas podiam oferecer.

Apaixonados pelo local, decidiram abrir o seu estabelecimento na região, e em Outubro de 2013 viram o anúncio de um espaço em Évora Monte. Transformaram-no no The Place at Evoramonte, agora disponível para alojamento local.

Lá dentro, os quatro quartos foram cuidadosamente decorados, numa fusão perfeita da essência histórica com conceitos mais atuais e diversos objetos trazidos das suas viagens pelo mundo, mantendo sempre um equilíbrio harmonioso, de forma a proporcionar uma estadia tão inesquecível como os pores do sol ( já têm a sua própria página de Facebook e perfil de Instagram) que podem ser contemplados das magníficas varandas, de que cada quarto dispõe, com uma vista deslumbrante de 2200 sobre a relaxante paisagem alentejana.

As refeições são servidas no terraço do restaurante. Os hóspedes pisam, fora, as muralhas do castelo e têm a opção de fazer caminhadas com guia. Contam a história de Inocência Lopes, artesã local que pintou à mão 100 pedras da calçada, transformando-as em pequenas casas, únicas e numeradas, que fazem as delícias de todos os que por elas passam. Estas são as “Pedras de Evoramonte”, que têm a sua versão ‘portátil’ nas irresistíveis “Casas da Sensa” (petit-non de Inocência), que a mesma artista pinta em pedras soltas do caminho, e que podem ser compradas na pitoresca loja de artesanato “Celeiro Comum”.

Os visitantes podem fazer observação de aves, com 65 espécies apenas na área mais próxima. O pôr-do-sol pode ser visto das varandas, acompanhado pelos queijos, enchidos e vinhos.