Acreditação de Carbono pelo ACI Europa

Como resultado da aplicação sustentada e sistemática de um esforço voluntário para gerir as emissões de carbono associadas à atividade da ANA, os aeroportos geridos pela empresa viram a Acreditação de Carbono renovada pelo ACI Europa. Este ano, o nível 2 (Redução) do programa Airport Carbon Accreditation foi atribuído a 8 aeroportos (Lisboa, Porto, Faro, Ponta Delgada, Santa Maria, Horta, Flores e Beja); os aeroportos da Madeira e Porto Santo obtiveram o nível 1 (Mapeamento).

A Acreditação Aeroportuária de Carbono é uma iniciativa do ACI (Airports Council International) e constitui um programa específico para a gestão das emissões de carbono para os Aeroportos. Através dele, o ACI avalia e reconhece os esforços dos Aeroportos para gerir e reduzir as suas emissões de carbono, havendo quatro níveis de reconhecimento: “Mapeamento”, “Redução”, “Otimização” e “Neutralidade”. Este programa, que teve início na ACI Europa, foi posteriormente estendido a nível global.

A acreditação ao nível do “Mapeamento” significa que a ANA, empresa do grupo VINCI Airports, implementou uma estratégia de contabilização de todas as fontes de emissões de CO2 que estão sob o seu controlo direto. Por outro lado, a acreditação ao nível da “Redução” significa que a ANA não só conhece as suas emissões de CO2, como conseguiu reduzir a pegada de carbono correspondente.
O cálculo da pegada de carbono dos aeroportos ANA é submetida a uma verificação por entidade externa e independente para os âmbitos 1 e 2, reforçando a credibilidade dos níveis de emissão declarados pela empresa do grupo VINCI Airports.

Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Marca do Grupo EDP terá logótipo verde em 2020
Automonitor
Lamborghini revela especiais Aventador e Huracán