Turismo da Tailândia quer captar turistas com poder de compra no Japão

O Japão foi desde sempre um importante mercado emissor de turistas para a Tailândia, tendo ultrapassado 1,4 milhões de turistas em 2016.

A Autoridade de Turismo da Tailândia (TAT) acredita, no entanto, que este número poderá ainda crescer substancialmente, principalmente em termos de receitas, dado que o Japão tem vindo a mostrar sinais de uma significativa recuperação económica com fortes indícios de crescimento a médio prazo.

Na última edição da Expo Turismo Japão, que decorreu na semana passada, a TAT marcou presença com um “arsenal” de eventos e demonstrações culturais, (designadamente massagens, danças, demonstrações de Muay Thai, gastronomia, jogos de quis e sessões fotográficas com o Happy Chan), apostando sobretudo na sensibilização dos jovens e dos públicos femininos com poder de compra.

Em 2016 a Tailândia recebeu 32,6 milhões de turistas dos quais 27% da China, 27% dos países que integram a ASEAN e 19% da Europa. Em termos de receita média por viagem os países do médio Oriente e da Europa lideram o ranking e o Japão ocupa ainda a 57ª posição, curiosamente atrás de Portugal que ocupa a 40ª posição. Sendo o Japão um dos países com o PIB per capita mais elevado no Continente Asiático a estratégia da TAT prende-se sobretudo com a captação de turistas exigentes e com poder de compra que procurem produtos e destinos de qualidade.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*