Os locais mais bonitos e secretos da Tailândia

Já imaginou como seria se aquele paraíso com que tanto sonha realmente existisse? A momondo mostra-lhe alguns dos locais mais maravilhosos e exclusivos que a Tailândia tem para lhe oferecer, para que veja que todos os locais de sonho podem se realidade.

Gruta de Khao Luang, Província de Phetchaburi
A sul de Bangkok, aninhadas numa das muitas colinas de Khao Luang, poderá encontrar mais de 150 estátuas do Buddha rodeadas de estalactites penduradas do tecto de uma gruta. Além do aroma do incenso das velas acesas junto da bonita estátua dourada, o destaque da gruta é o buraco gigante que detém no tecto, deixando entrar os raios de sol que tornam toda a sua atmosfera ainda mais mística.
Aqui não precisará de ter cuidado com os carteiristas, mas sim com os macacos: sempre à espera de fregueses que lhes dêem comida, estes animais não pensarão duas vezes em segui-lo para dentro da gruta e em fugir com alguns dos seus pertences.

Lago Cheow Lan (Reservatório da Barragem de Rajjaprabha), Província de Surat Thani
Esta floresta transformada em lago, resultante da criação da Barragem de Rajjaprabha, é o habitat de inúmeros peixes que se passeiam a contornar árvores submersas. Aproveite para flutuar um pouco e absorver a tranquilidade deste lugar único cujo nome corresponde a “luz do reino”.
No Parque Nacional de Khao Sok terá, em redor do lago, a maior floresta virgem da Tailândia, por isso mantenha-se atento para macacos e elefantes. Com alguma sorte poderá ainda encontrar uma Raflésia, a maior espécie de flor de todo o mundo.

Ko Tarutao, Parque Nacional Marinho de Tarutao, Província de Satun
Aninhada no coração do Parque Nacional Marinho de Tarutao, na ilha de Ko Tarutao poderá aproveitar trechos de areia branca e árvores de manguezal que competem com as águas cristalinas e formações rochosas com igual beleza.
Através de um cais de madeira a partir da praia poderá passear até uma falésia de 30 metros de altura. Se decidir passear a pé ou de bicicleta pela ilha, poderá perceber porque se denomina de “primitiva” ou “misteriosa”, visto que a possibilidade de encontrar inúmeras borboletas e calaus coloridos nesta selva intocada é imensa.

Sam Pan Bok, Província de Ubon Ratchathani
O recife rochoso de Sam Pan Bok, também conhecido como o Grand Canyon da Tailândia, oferecer-lhe-á uma visão do outro mundo: no topo das rochas calcárias o céu a reflete-se sem fim ao longo de cada cratera repleta de água – cerca de 3.000 segundo a tradução literal do seu nome. Embora seja possível chegar pela estrada, se quiser aproveitar tudo o que esta pequena maravilha tem a oferecer, apanhe o barco que parte de Had Salueng para um passeio pitoresco de cinco quilómetros encantadores: entre novembro e junho poderá verificar cada canto e recanto da viagem, visto o nível da água estar mais baixo.

Mar de Lótus Vermelhos (também conhecido como Talay Bua Daeng), Nong Han, Província de Udon Thani
Os barcos tradicionais atracados no pontão poderão levá-lo até ao centro deste lago único, onde poderá observar milhões de nenúfares cor-de-rosa, ou flores de lótus, que contrastam com o verde escuro do lago para lhe dar uma visão completamente maravilhosa.
Pelo passeio poderá encontrar pescadores tradicionais ou pequenos altares montados em ilhotas pequenas. Se quiser aproveitar ao máximo toda esta experiência, não deixe de provar um prato de caril de caule de lótus ou som tam (salada de papaia) de caule de lótus.
Se quiser observar a abertura das flores prepare-se para madrugar, pois assim que o calor do sol apertar elas fecharão.

Cataratas de Erawan, Parque Nacional de Erawan, Província de Kanchanaburi
As três horas de caminhada que terá de fazer pela floresta verdejante até chegar ao Parque Nacional de Erawan serão completamente esquecidas assim que colocar os olhos naquelas águas verde-esmeralda das Cataratas de Erawan que, de patamar em patamar, fluem como se formassem a cabeça de um elefante.
Vistas como uma tentação provada, não deixe o fato de banho em casa e dê um mergulho entre os peixes curiosos que por lá nadam.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*