Os pedidos mais insólitos  dos passageiros da Transavia

São muitos aqueles que ainda colocam questões sobre o que podem – ou não – trazer consigo na cabine do avião. A prova está no top5 com os pedidos mais insólitos enumerados pela companhia aérea.

1- « Uma caixa de ostras bem embalada, atada e hermética »
É bem sabido: os franceses são grandes apreciadores de ostras! Estas delícias dos mares fazem literalmente quebrar os mais gourmands, dispostos a tudo para degustá-los em qualquer ocasião… mesmo levando-os consigo no avião.
Má notícia! As ostras devem ficar sabiamente em casa, pois é impossível viajar com um animal vivo, excepto cão ou gato!
2- « Um tacho »
Uma experiência culinária de qualidade é, no mínimo, metade do sucesso de uma city break! Para todos aqueles que não têm a certeza de conseguir encontrar pequenos pratos saborosos no destino, há uma solução radical: levar os seus utensílios consigo para que tudo corra bem! Ideia curiosa, mas possível, pelos menos se for no porão e se limitar-se a 1 ou 2 desses objetos!
3- « Um melão »
Nada melhor que um melão suculento durante o Verão. Só, quando se parte para a Islândia ou parece complicado abastecer-se. Então porque não introduzi-lo na sua mala? É permitido, desde que siga na sua bagagem de porão!
4- « Ovos de galinha guardados numa caixa de plástico »
Para preparar tartes ou tortilhas caseiras, alguns viajantes mais prudentes preferem levar os seus próprios ovos! Antes de se lançar em tal empreendimento, falta ainda saber se é autorizado… Resposta: na mala de cabine não, mas no porão sim (e por sua conta e risco)!
5- « Joaninhas »
Certamente a questão mais curiosa formulada até à data… Dito isto, não se costuma dizer que estes «animais do bom Deus» trazem sorte? O segredo de uma viagem bem-sucedida está em pouco mais que uns pós negros… questão mais ampla que se manterá um mistério, já que as joaninhas são interditas nos voos, tanto na mala de cabine como de porão!

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*