Peça “O Alcaide de Zalamea” apresenta-se em Lisboa

A peça “O Alcaide de Zalamea”, um dos símbolos da literatura espanhola, apresenta-se em Lisboa no dia 19 de maio no Instituto de Cervantes, com vista a promover a região como festa de interesse turístico internacional.

Pela primeira vez, a famosa obra literária espanhola atravessa a fronteira para se apresentar no país vizinho. O objetivo do município de Zalamea de la Serena é promover a região à imprensa portuguesa e ultrapassar a homologação de interesse turístico regional para nacional, pelo governo espanhol.

“El alcaide de Zalamea” escrito por D.. Pedro Calderón de la Barca, por volta do ano 1636 é considerada uma das grandes obras da literatura em língua espanhola e com uma dimensão universal, um dos grandes exemplos de criação literária do conhecido século de ouro espanhol (século XVII), no qual Calderón de la Barca converge com outra série de escritores de grande porte como Miguel de Cervantes, Lope de Vega, Luis de Góngora, bem como outros representantes das artes como os pintores Diego Velázquez ou o extremenho Francisco de Zurbarán.

A obra tem como eixo central a honra e a lealdade, elementos-chave da visão moral do homem de então e que tem hoje a mesma validade, tudo em relação a conceitos de moralidade e o dilema colocado no homem entre a obediência ao rei ou seguir os princípios emanados de Deus, tudo interpretado por Pedro Crespo , o alcaide de Zalamea e personagem central da peça.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*